.
.
“Por fim, meu Imaculado Coração triunfará!”

Últimos dias da URSS, veja o que não queremos no Brasil


Prostituta Kate de 18 anos percorre as ruas de Moscou em busca de clientes, logo atrás passa um carro de polícia em 1991, pouco antes do colapso da URSS

Estas imagens foram feitas durante a Grande Depressão, mas na verdade elas mostram a vida nos últimos anos da União Soviética, a menos de três décadas atrás. Prateleiras das lojas estavam muitas vezes vazias, longas filas para comprar comida, e muitas pessoas esgotadas pela pobreza secular.

O péssimo estado da economia na URSS, enquanto o padrão de vida no Ocidente melhorava rapidamente, o resultado do sistema político comunista que sufocou a livre empresa e o movimento do país de seu passado feudal. Essas fotos retratam a década de 1980, em que  o sistema estava à beira do colapso, assim como as reformas liberais de Mikhail Gorbachev que abriu as portas apenas para as mudanças, em 26 de dezembro de 1991, depois de apenas alguns anos depois destas imagens, a União Soviética finalmente entrou em colapso.

Como a esquerda tomou as rédeas da mídia


O disco que vendeu a luta comunista com glamour e romantismo.

Foi noticiado recentemente que 39 produtores confessam que séries promovem agenda de esquerda. Acredito que muitos se espantaram por serem produções internacionais, porque aqui nas terras da bananalândia a infiltração esquerdista na mídia já acontecem há um bom tempo.

Como aconteceu? Há um histórico sintetizado que dá a explicação certa:

.

Verônica de fato existiu?

.
A personagem Verônica que enxugou o rosto de Jesus Cristo a caminho do calvário é considerada real ou fictícia?

Verônica é uma personagem importante na Tradição e aparece em muitas revelações privadas sobre a Paixão (por isso Mel Gibson colocou-a no seu famoso filme).

A crise da Igreja e a destituição do bispo de Ciudad del Este


Cristo edificou a Igreja sobre si mesmo. O Papa é o sinal visível disso e o é enquanto persevera na graça. O capítulo XVI de Mateus deixa claro. 

O Papa testemunha a sucessão Petrina, os Bispos testemunham a sucessão apostólica, os fiéis a unidade do corpo junto ao clero. Nós somos a testemunha da vida nova em Cristo, nós somos os bem aventurados porque cremos sem ver, mas continuamos o testemunho dos que viram o Senhor Ressuscitado.

Infelizmente, dada a enormidade da crise que vive hoje a Igreja Católica, esse testemunho tem sido muito atacado dentro dela mesma. Como é difícil nós católicos testemunharmos o Cristo dentro da própria Igreja! A apostasia é das pessoas e não da Igreja. A doutrina dela não muda e nem se contradiz.

 

©2009 Tradição em foco com Roma | "A verdade é definida como a conformidade da coisa com a inteligência" Doctor Angelicus Tomás de Aquino