.

Detalhes litúrgicos da Semana Santa

.
A Sexta da Paixão é um dia santo e não feriado, e um dia próprio para o recolhimento e orações.
 
Na India os cristãos são minoria mas sabe o que acontece lá? Até os pagãos, os de outra religião, guardam a Sexta Feira Santa. Exemplo para nós, eles reconhecem o dia da morte de Jesus, mesmo Ele não sendo seu Deus mas o Deus dos cristãos.

Deveríamos voltar as praticas de piedade como outrora, onde reconhecíamos neste dia um dia sublime e santo.  

Jejum na Sexta-feira Santa é um só: o eclesiástico. Ou seja, fazer apenas uma refeição completa e, se preciso, uma outra pequena. E só! Nada mais se pode comer.

Achou interessante o parágrafo? Clique aqui e continue lendo

Sobre a desmilitarização da polícia


DES-MI-LI-TA-RI-ZAR

Significa: Separar a policia da doutrina militar, excluir o carácter militar da instituição, sacaram? Não? Lamento, não sei como ser mais didático do que isso.

A policia investigativa é a POLICIA CIVIL, que é ''desmilitarizada''. 

A PM é só a polícia de repressão, fardada. 

Nada muda de desmilitarizar, pois os problemas da PCivil são os mesmos da PM, isso é factóide de esquerdista

Achou interessante o parágrafo? Clique aqui e continue lendo

RCC - Missa de cura e libertação


A dita Missa de cura e libertação é proíbida pela Igreja. Bastam ler a INSTRUÇÃO SOBRE AS ORAÇÕES PARA ALCANÇAR DE DEUS A CURA (http://www.vatican.va/roman_curia/congregations/cfaith/documents/rc_con_cfaith_doc_20001123_istruzione_po.html).

Esse documento é solenemente ignorado pela RCC...

Alguns pontos das
Disposições disciplinares que constam no referido documento:
 
Art. 5 - § 3. É necessário, além disso, que na sua execução não se chegue, sobretudo por parte de quem as orienta, a formas parecidas com o histerismo, a artificialidade, a teatralidade ou o sensacionalismo.

Art. 7 - § 1. Mantendo-se em vigor quanto acima disposto no art. 3 e salvas as funções para os doentes previstas nos livros litúrgicos, não devem inserir-se orações de cura, litúrgicas ou não litúrgicas, na celebração da Santíssima Eucaristia, dos Sacramentos e da Liturgia das Horas.

Art. 8 - § 3. É absolutamente proibido inserir tais orações [de exorcismo] na celebração da Santa Missa, dos Sacramentos e da Liturgia das Horas.

O fato da RCC ser aprovada como movimento não significa que se autorize esculhambar com a liturgia.

Esse tipo de celebração nunca deveria ter sido inventada. Os modernistas inventaram essa cura e libertação para destruir a Santa Liturgia. O problema aqui não é pertença a RCC ou não, mas o conivência com os abusos, como se o Espírito Santo as aceitasse. 

Achou interessante o parágrafo? Clique aqui e continue lendo

 

©2009 Tradição em foco com Roma | "A verdade é definida como a conformidade da coisa com a inteligência" Doctor Angelicus Tomás de Aquino