.

As fantasias de Ellen White e do Adventismo


Passando pelas páginas do livro "O Grande Conflito" encontrei algumas passagens:

Sua primeira profecia foi a visão na qual ela teria tido que Cristo teria voltado em 1843, surgindo então a teoria adventista do santuário, afirmava ela que o santuário de Daniel 8,13-14 estava no céu e não na terra. Cristo teria vindo em 22 de outubro de 1844 a esse santuário no céu para purificá-lo e ainda está fazendo para depois vir à terra, esse santuário seria a pré-morada dos adventistas fiéis.

Ellen White continuou marcando datas para a volta de Cristo até 1877, praticamente uma por ano.

Também em sua outra visão ela viu uma arca no céu e nela se destacavam os dez mandamentos, dos mandamentos se destacavam o quarto, porque se apresentava dentro de um círculo de luz, entendeu que esse mandamento precisava receber mais atenção que os demais porque era o mais negligenciado pelos cristãos da época.

Por muitos anos os adventistas disseram que plantar uma árvore era negar a fé. Tão pouco colocavam crianças nas escolas, por achar que seria inútil. Antes mesmo que a árvore desse fruto ou as crianças aprendessem qualquer coisa, Cristo voltaria ao mundo.

White insistiu por muito tempo com uma mensagem que dizia ser uma revelação, na qual as mulheres deveriam usar uma saia curta por cima das calças compridas que iam até os tornozelos.

Em 1877 todos os seguidores da seita venderam tudo que tinham e aguardaram a volta de Cristo todos vestidos de branco em cima do telhado de suas casas, acreditavam que seriam recompesados unicamente por guardarem o sábado.

 

©2009 Tradição em foco com Roma | "A verdade é definida como a conformidade da coisa com a inteligência" Doctor Angelicus Tomás de Aquino