.

Filo-lefebvrianos IV

O artigo você lerá na íntegra no site católico Sensus Naturalis, AQUI.

Acompanhe os artigos anteriores lendo a PARTE I, PARTE II e a PARTE III.

"Os erros modernos dos últimos cinqüenta anos não foram derivados dos textos conciliares.

Olhem, por exemplo, os erros reprovados pela Congregação da Fé mediante severas Notificações - Küng, Schillebeeckx, De Mello, Haight, Sobrino, etc. - e nunca encontraram fundamento para eles em textos do Vaticano II. Estes e tantos outros mestres do erro se qualificam desavergonhadamente como teólogos verdadeiramente fiéis "ao Concílio"; mas curiosamente não o citam nunca: se atêem ao "espírito do Concílio", que não está "editado" todavia, e que consiste somente em suas próprias idéias. Pelo contrário, os escritores católicos tradicionais, a saber, os católicos, não temos cessado de citar milhões de vezes durante meio século os textos do Vaticano II e as encíclicas dos Papas pós-conciliares."

 

©2009 Tradição em foco com Roma | "A verdade é definida como a conformidade da coisa com a inteligência" Doctor Angelicus Tomás de Aquino