.

Vem aí a próxima cota. Feios!


“A lei deveria proteger os feios”

Autor do livro “Beauty pays: why atractive people are more successful” (“A beleza rende: por que as pessoas atraentes são mais bem sucedidas”), Daniel Hamermesh calculou em US$ 230 mil o valor que uma pessoa extremamente atraente recebe a mais do que uma feia ao longo da vida por conta de sua aparência. Na entrevista aqui, o economista da Universidade do Texas, nos EUA, explica por que acha que esse tipo de benefício é “puro preconceito” e que deveria haver uma proteção legal para as pessoas sem dotes estéticos.

Informação vista na comunidade do orkut Olavo de Carvalho

 

©2009 Tradição em foco com Roma | "A verdade é definida como a conformidade da coisa com a inteligência" Doctor Angelicus Tomás de Aquino