.

Homilia - Quarta-feira de Cinzas - Pe. José de Matos Barbosa



Epístola (Eclo .45, 1-6)
Evangelho (Mt. 6, 16-21)
Igreja Nossa Senhora do Perpétuo Socorro e São Judas Tadeu

Rua Taubaté, 12, Rodilândia, Diocese de N. Iguaçu-RJ

Benção das Cinzas

O rito da bênção e da imposição das Cinzas abre oficionalmente a Quaresma, já começada à meia noite. Os Padres dos primeiops séculos fazem frequentes referências à penitência "in cinere et cilicio" dos cristãos, aliás já em uso entre os hebreus (Lição) e os pagãos. A verdadeira penitência pública e oficial foi introduzida na Igreja nos séculos V e VI.

O período da penitência canônica começava na Quarta-feira de Cinzas e estendia-se até a Quinta-feira Santa. Em Roma, no século VII, os penitêntes se apresentavam aos Sacerdotes a isso delegados, faziam sua confissão e, se era o saco, recebiam uma veste de cilício, coberta d cinzas, ficando impedidos de entrar na igreha e com ordem de retirar-se a algum mosteiro onde pudessem cumprir a penitência da Quaresma". (Card Shuster)

Em outeos lugares, os penitêntes cumpriam na própria casa a penitência imposta, "Era, porém, uso geral começar na Quaresma cm a Confissão, não só para purificar a alma, mas também para poder receber mais frequentemente a santa comunhão no período sagrado" (Righetti)


No século X, caindo em desuso a penitência pública, introduziu-se o costume de impor as cinzas também aos fiéis, uso que bem cedo generalizou e foi aprovado por Urbano II.


As cinzas se obtém queimando as palmas e oliveiras bentas no ano precedente no Domingo de Ramos, são símbolo da morte e da caducidade das criaturas, (ás quais o pecador se volta quando comete o pecado): elas mesmas admoestam-no a voltar a Deus com apenitência sacramental e a humildade. Aos fiéis que as recebem com devoção, o Sacramental da imposição das Cinzas obtém a verdadeira compunção, o perdão dos pecados, a saúde da alma e do corpo, a vitória sobre os espíritos malígnos, e sobretudo, a graça que santificará a Quaresma.


(Extraído do livro
Vivendo a Quaresma Edições Apostólica)

 

©2009 Tradição em foco com Roma | "A verdade é definida como a conformidade da coisa com a inteligência" Doctor Angelicus Tomás de Aquino