.

A Suma Teológica de Santo Tomás de Aquino em forma de Catecismo (2ª Parte, Seção 2, Tópico 12)


“A Suma Teológica de Santo Tomás de Aquino em forma de Catecismo” do Pe. Tomas Pégues, O. P., é uma excelente obra para aqueles que desejam iniciar o estudo da Obra Magna de Santo Tomás. Um tanto raro aqui no Brasil, haja vista que sua última edição em português data do início da década de 40, este livro é formulado como todos os catecismos tradicionais em perguntas e respostas e é de agradável leitura.

SEGUNDA PARTE: O HOMEM PROCEDE DE DEUS E PARA DEUS DEVE VOLTAR

SEGUNDA SEÇÃO: ESTUDO CONCRETO DOS MEIOS QUE O HOMEM DEVE EMPREGAR PARA VOLTAR PARA DEUS

XII. DO DOM DA SABEDORIA CORRESPONDENTE À CARIDADE. VÍCIO OPOSTO

Existe algum dom do Espírito Santo correspondente à caridade?

Sim, e o mais excelente: o dom da Sabedoria (XLV).

O que entendeis por dom da Sabedoria?

Um dom do Espírito Santo, mercê do qual, o homem forma juízo e opinião acerca das  coisas, tomando por norma e regra e sua causa suprema, a ciência infinita de Deus, na medida que ele consegue conhece-la pela revelação (XLV, 1).

Poderíeis dizer-me em que se distingue o dom da Sabedoria de virtude intelectual do mesmo nome, e dos dons de inteligência, ciência e conselho, distintos por sua vez das virtudes intelectuais chamadas entendimento, ciência e prudência?

Sim: o entendimento possui, relativamente às verdades da fé, multiplicidade de atos essencialmente distintos, aos que correspondem virtudes e dons diferentes. O ato de fé consiste em dar assentimento às proposições reveladas. O ato de assentir leva consigo outros complementares; tais são a percepção da verdade sobrenatural e o juízo e ditame a respeito dela. O juízo e ditame dependem do critério que é empregado; quando se toma por norma os ensinamentos da fé, corresponde-lhes o dom de sabedoria e a virtude intelectual de mesmo nome; se se baseia em critérios e razões humanas, o dom e a virtude intelectual chamada ciência; quando deixando a ordem especulativa, se trata de reduzir o ditame à pratica, a virtude intelectual da prudência e o dom de conselho.

Que nome genérico poderíamos dar esta doutrina?

O de plano e economia no desenvolvimento do organismo psicológico sobrenatural.

A quem devemos tão prodigiosa síntese doutrinal?

Ao gênio de Santo Tomás de Aquino, o qual nos adverte que, só depois largos estudos e profundas meditações, chegou a surpreender tão maravilhosa harmonia (VIII, 6).

Qual é a mais importante das virtudes e dons que aperfeiçoam o entendimento?

A virtude da fé, centro de todas as outras, já que o seu objetivo é auxiliar e facilitar suas ações.

Qual é o dom que segue em categoria à fé?

O dom da sabedoria.

Que benefícios nos traz o dom da sabedoria, especialmente em relação com a ciência?

O dom da ciência nos dá a faculdade de formar juízo acerca das verdadeiras relações das coisas com suas causas e fins imediatos, e o de Sabedoria com a causa suprema e fim último, aos quais todos os outros estão subordinados.

Logo, em virtude do dom da sabedoria, elevamo-nos ao mais alto grau de ciência que se pode alcançar neste mundo?

Sim.

Existe algum vício oposto a tão excelso dom?

Sim; o que consiste em querer formar juízo cabal de uma coisa sem ter em conta o destino que Deus lhe assinalou (XLVI, 1).

Como deverá chamar-se?

Insensatez e necedade supremas.

É muito comum este pecado?

Sim; e cometem-no todos os que forjam planos ou ajustam projetos, sem lembrar-se de Deus, ou prescindindo Dele.

Podem cair nele homens mesmo acostumados e peritos no manejo dos negócios?

Sim.

Há oposição irredutível entre a Sabedoria do mundo e a de Deus?

Sim; visto que uma, no conceito da outra, é loucura.

Em que consiste esta oposição irredutível?

Em que as pessoas têm por sábios àquele que, considerando os bens deste mundo como fim supremo, organiza a vida de forma que nada falta aqui na terra, ainda em coisas que redundam em detrimento e desprezo de Deus, Bem supremo, prometido no céu; ao passo que a Sabedoria dos Filhos de Deus consiste em subordinar todos os bens da vida presente à futura posse da glória.

Logo, esses dois tipos de sabedoria são completamente diferentes?

Sim; porque conduzem fatalmente a termos distintos, e o fim ou o termo é o que especifica a ação.

Logo, a prática das virtudes teologais e os dons correspondentes, constituem os únicos meios de que dispõe o homem para orientar-se e encaminhar-se para o seu verdadeiro fim último?

Sim.

 

©2009 Tradição em foco com Roma | "A verdade é definida como a conformidade da coisa com a inteligência" Doctor Angelicus Tomás de Aquino